Crítica - Arquivo

Lero-lero: “A Morte do Demônio” nem é tão apavorante…

"Encontrei um tempinho para assistir a A Morte do Demônio, refilmagem do clássico cult da década de 80. Você curte a canastrice de Bruce Campbell? E os trabalhos de Sam Raimi? Então é provável que, como eu, você não tenha gostado muito deste remake." Confira a crítica de Diogo Ruan Orta.

Lero-lero: Só mais uma noite perdida

"No balcão do bar, Muhammad Ali me mediu com olhos duros. Um instante depois, ele bufou, cheio de marra. Devia achar que o franzino aqui não era ameaça." No Lero-lero de hoje, Diogo Ruan Orta escreve sobre uma de tantas noitadas de sua vida.

Lero-lero: Uma banana pra sociedade!

Lero-lero é uma coluna regular cedida ao meu parceiro de letras Diogo Ruan Orta. Ele compartilhará por aqui crônicas, desabafos, contos e o que mais houver dentro daquele caos enevoado que ele chama de mente. Confira a estreia (ácida) do grande Diogo!

NaNoWriMo: as críticas e o valor do desafio

Escrever um livro de 50 mil palavras em 30 dias é uma proposta audaz. É natural, portanto, que o National Novel Writing Month (NaNoWriMo) seja visto com desconfiança ou até mesmo descaso, principalmente por escritores e demais profissionais do mercado editorial.

Resenha: O Caçador de Andróides

Escrito por Philip K. Dick, "O Caçador de Androides" é uma ficção científica indicada ao Prêmio Nebula que inspirou o filme de 1982 estrelado por Harrison Ford. Mantendo-se atual nas reflexões que propõe, a obra é ótima, mas pode não agradar aos fãs do filme.

Vendo a vida passar – Crônica

De pé sob o sol escaldante, retiro o celular do bolso e confiro o relógio. Lá se vão mais quinze minutos da minha vida. Impaciente, busco a confirmação dos dígitos no visor: o motorista está atrasado, de novo. Praguejo em voz alta sem temer que me ouçam, afinal, não há vivalma no ponto.

Tolkien é Tolkien, Martin é Martin – Crônica

Quem leu "O Senhor dos Anéis" de J. R. R. Tolkien deve ler as "Crônicas de Gelo e Fogo" de George R. R. Martin? Quem gostou da saga de Harry Potter vai adorar os livros de Percy Jackson? Um fã de Stephenie Meyer amará E. L. James? Confira o que acho dessa polêmica.

Resenha: Fahrenheit 451

Aclamado mundialmente como um clássico da literatura de ficção científica, Fahrenheit 451 é a obra prima premiada do autor americano Ray Douglas Bradbury. Com temas desconcertantemente familiares e atualíssimos, esta difícil leitura instiga a pensar sobre os perigos da supressão do conhecimento e de se resignar numa sociedade alienada e consumista.
Seguir

Inscreva-se e receba notificações de novos artigos por email.

Junte-se a outros seguidores.

Seguir

Inscreva-se e receba notificações de novos artigos por email.

Junte-se a outros seguidores.